quinta-feira, 19 de maio de 2011

Ídolos vs Torcida do Vitória

Desde o afastamento do goleiro Viafara após a perda do título baiano, venho pensando em escrever sobre o assunto, depois de matutar pos 2 dias resolvi botar no papel a minha visão sobre a relação entre idolos x torcida do Vitória.

Não sou, e nunca fui um "Viafrete" (como são chamados os fãs do gringo), muito pelo contrário, sempre fui muito duro em meus comentários a seu respeito, e principalmente quanto as suas atuações nos últimos meses, portanto, esse termo a mim não se aplica.

O que estamos vendo desde o domingo por parte da diretoria do ECV, é o desvio do foco principal pela perda do título, mas isso eu comento depois (penúltimo parágrafo), vamos em frente!

A torcida sempre cobra por idolos, reclamam que os jogadores só pensam em dinheiro, que todos são mercenários e coisa e tal, pois bem, darei 3 exemplos de atletas que jogaram no ECV e que saíram ou esta por sair de uma forma não tão bonita quanto a sua história no clube.

1 RAMON
Quantos títulos, quantas vitórias, quantos clássicos o "Reizinho" nos ajudou a conquistar?
Quando penso que nos seus últimos jogos com a camisa do Vitória, o que se ouvia nas arquibancadas eram vaias, e os ditos torcedores chamando-o de "RAMORTO" vejo o quanto somos passionais e movidos apenas por resultados.

2 VANDERSON
Esse era sinônimo de raça e entrega em campo!
O "Pitbull" chegou aqui quando NINGUEM queria vestir a camisa do Vitória, disputando uma Série C, ajudou o clube a retornar a Série A, sendo titular e capitão do time.
Alguém pode me dizer como foi a sua saída?? E principalmente como a maioria da torcida o chamava ao final do Brasileiro de 2010??
Se você não se lembra, eu te digo: "Poodle"

3 VIÁFARA
Enchiamos a boca para chama-lo de "Paredon".
Nenhum jogador foi tão importante e decisivo na Copa do Brasil de 2010 quanto Viáfara, vários foram os jogos em que ele fechou o gol, além de ter sido importantissimo no BR 2009 e nos baianos de 2009 e 2010.
Quantas vezes demos boas risadas com as declarações do gringo em relação ao nosso rival, tomando para sí uma atitude de torcedor e não de um profissional do futebol.

Pois é, esses jogadores foram tratados como qualquer jogador normal, e por favor, não me venham com aquele discurso que "eles ganharam muito dinheiro no Vitória", por que são inúmeros os jogadores que passaram por aqui, encheram os bolsos e que não lembramos nem o nome!

Veneramos jogadores como Mário Sergio, Osni, André Catimba, Fischer, que realmente passaram e deixaram sua marca no Vitória, mas afirmo que, somente RAMON, tem mais títulos e vitórias em Ba-Vi com a camisa do Leão do que os 4 juntos.

Um ídolo, tem que ser preservado e respeitado tanto pela torcida quanto pela diretoria.

Vejo claramente, e me corrijam se estiver errado, que nosso presidente sempre elege um ídolo como "boi de piranha", e utiliza-se de algumas rádios para queimar o jogador perante a torcida, desviando assim, o foco dos seus erros, das suas mazelas, das suas contratações equívocadas, das trocas de treinadores, da total falta de informação quanto ao que foi feito com o dinheiro da Tv e das finais da Copa do Brasil em 2010.

Quero deixar bem claro que jogador algum esta acima do ESPORTE CLUBE VITÓRIA, mas precisamos ao menos respeitar aqueles que verdadeiramente vestiram com amor o manto sagrado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar aqui no [Torcedor Nordestino], a sua opinião é muito importante para nós.

Antes de publicarmos seu comentário, ele passará por moderação da nossa equipe.