terça-feira, 31 de maio de 2011

TERÇA DO ÍDOLO: Scala


Semana passada você conheceu mais a história do craque Souza, o é a vez do Zagueirão Scala.

Luís Carlos Scala. Nascido no dia 13 de junho de 1940. Natural no município de Rio Grande, no estado do Rio Grande do Sul. Se hoje estivesse vivo, completaria no próximo mês 72 anos de idade. Infelizmente, Scala não está mais entre nós. Faleceu em Natal/RN, dia 11 de outubro 
de 2007.



Luís Scala era aquele típico zagueiro robusto, forte, ótima marcação e colocação em campo e bastante técnico. O jogador começou no clube do Riograndense. Se destacou no Internacional, o colorado porto-alegrense.

Em pé: Schneider, Sadi, Pontes, Scala, Elton e Laurício
Agachados: Carlitos, Bráulio, Claudiomiro, Tovar e Dorinho

Lembra da Copa do Mundo de 1970 ? Ele foi pré-convocado, fez dois jogos na Seleção Brasileira de Futebol, mas uma fratura no tornozelo tirou-o do tão sonhado Mundial no México.
Em 1973, o ídolo americano estava atuando no Botafogo/RJ e disputou a Copa Libertadores. 


Treino do Brasil em 69. Na foto, Rivellino deixava crescer seu primeiro bigodão e Joel Camargo, o açucareiro, está atrás do braço esquerdo do Reizinho do Parque. Toninho Guerreiro, Paulo César Caju, Scala, Brito, Rildo e Pelé sorriem felizes da vida


Só em 1974, Scala começou a trajetória no América, onde traria muitas alegrias aos torcedores rubros. Ouvia-se falar na época e até hoje que ele foi o melhor zagueiro que atuou no futebol potiguar. Chegou ao Mecão por meio do presidente Dilermano Machado.

Scala no América nos decada de 70.

Os planos era que o atleta ficasse no América por apenas 3 meses, mas ele se apaixonou pela cidade do sol e resolveu renovar o contrato por mais um ano. Consagrou-se campeão estadual e encerrou sua carreira no alvirrubro. Scala após deixar os gramados resolveu ser técnico de futebol, figurou entre tês clubes do estado. Depois de técnico, virou comentarista esportivo. Afastou-se do futebol e começou a administrar a Imobiliária Costa Azul no Rio Grande do Norte.

Scala agachado na esquerda

No dia 5 de setembro de 2007, com 67 anos, Scala foi internado na UTI do Hospital Natal Center. Sofria de Mal de alzheimer. Em conseqüência de uma forte pneumonia em uma quarta-feira, 11 de outubro, o saudoso Scala faleceu.



Scala saiu da vida para entrar na história, com muito carinho todos nós brasileiros lembramos de tudo que este fez pelo futebol. Um exemplo não só de jogador, mas de um HOMEM DE GARRA ! FICA COM DEUS, ETERNO ÍDOLO, ETERNO ZAGUEIRO!

2 comentários:

@Robhym disse...

Ótima série Bruno. é bom para relembrar e melhor ainda para que quem não conheceu passe a conhecer esses ídolos e um pouco mais da História do time.

Bruno Duarte disse...

Com certeza são ídolos que vão ficar na memória pra sempre de todos

Postar um comentário

Obrigado por comentar aqui no [Torcedor Nordestino], a sua opinião é muito importante para nós.

Antes de publicarmos seu comentário, ele passará por moderação da nossa equipe.